Estetoscópio de cordas | Palavras

Às vezes a menor distância entre dois corpos é a própria distância.

Que alerta para o poder da necessidade, que quando pressiona contra o cérebro pode explodir um coração.

Necessitar não tem a ver com presença mas sim com falta, é quando passamos a ser aquilo que nos falta… aí então é quando perdemos…

Aproximar é perceber a distância que se deve manter da presença, para que ela, não se transforme em falta um dia…

É manter o pacto de não pactar para não ter que quebrá-lo.

É descuidar pela noite para que possa voar… e voltar no dia seguinte… carregado de sal…

É pedir que sim só pra escutar que não e ir acostumando a ouvi-lo com resignação.

É perder um tempo sagrado esperando o sininho bater no bico da porta e por fim nunca escutá-lo.

Aproximar é pegar e largar, deixar-se e deixar ir, sem suspiro sem paixão sem lágrimas…

Às vezes acho que a distância entre dois corpos só pode ser medida com um estetoscópio de cordas.

image

Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *